Informações sobre o fornecimento da refeição vegetariana

Informações sobre o fornecimento da refeição vegetariana

As refeições alternativas (vegetarianas) podem ser adquiridas por vegetarianos e não-vegetarianos que desejam diminuir o consumo de produtos de origem animal.

Tendo em consideração o ponto 3, do artigo 4.º, da Lei n.º 11/2017, de 17 de abril, e no quadro de medidas de combate ao desperdício alimentar, a refeição vegetariana só será servida quando adquiridas, no mínimo, cinco refeições/dia. Por conseguinte, torna-se necessária a pré-aquisição de senhas de refeições vegetarianas. Assim sendo, a compra da refeição vegetariana será inicialmente feita através da aquisição de senha manual na papelaria, a adquirir até três dias úteis anteriores ao seu consumo. Quando tal não se verifique, não será possível o consumo de uma refeição vegetariana.

No ato da compra da senha da refeição vegetariana, o interessado deve informar a assistente operacional se autoriza a troca por refeição tradicional, no caso de não ser servida refeição vegetariana, devido a insuficiência de aquisições. Verificando-se que não houve número suficiente de aquisições, caso o interessado tenha previamente autorizado a troca, o SASE fará essa alteração no sistema (lança a compra de refeição tradicional). No caso de o interessado não ter autorizado, o valor pago pela refeição vegetariana será creditado no seu cartão de identificação.

As refeições vegetarianas irão ser disponibilizadas a partir do dia 18 de setembro. Os interessados que pretendam um prato vegetariano no dia 18 terão de comprar a senha, na quarta-feira (13).   

A ementa vegetariana será disponibilizada durante a terça-feira (12 de setembro).